Eduardo Bolsonaro sobre chance de aprovação de Dino ao STF: ‘Senado jamais barrou um nome’

O deputado federal Eduardo Bolsonaro respondeu a um internauta que considera ser “bem difícil” o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, não ser aprovado à vaga como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na semana passada, Dino foi indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para o posto deixado por Rosa Weber, e desde então iniciou seu périplo no Senado para angariar apoio na votação, que deve acontecer no próximo dia 13.

O internauta questionou Eduardo: “Você acha que o Dinossauro passa? (em referência ao Flávio Dino)”. O parlamentar, que não participa da votação para aprovação de um nome ao Supremo, respondeu: “Creio ser bem difícil. Senado jamais barrou um nome. Vale ver se seu senador ao menos declarou voto contra (o voto é secreto). Pressione-o. Sempre há esperança”, disse.

Para ser aprovado no Senado, Dino precisa ter mais da metade dos votos em cima do total possível, ou seja, 41 senadores. Para isso, ele aposta em conquistar a base aliada do governo — eles somam 28 dos 36 parlamentares com assentos na Esplanada dos Ministérios.

Um dos principais desafios do ministro é angariar votos da oposição, especialmente de senadores bolsonaristas. O PL, de Jair Bolsonaro, é o partido que oferece maior resistência. Dos 12 senadores procurados pelo jornal, nove declararam votos contrários a ele.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Descubra mais sobre Portal Ouro Branco Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading