12.8 C
Ouro Branco

Prazo para pedir isenção de taxa no ‘Enem dos Concursos’

Anúncios

Termina na próxima sexta-feira (26) o prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição para o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU). Segundo os editais, estão isentos da taxa os candidatos que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico); pessoas que estudam ou estudaram com apoio do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) ou pelo Programa Universidade para Todos (ProUni); além de doadores de medula óssea.

Para solicitar, os interessados devem acessar o sistema de inscrição, disponível neste link, e buscar o espaço no formulário para envio de arquivos que comprovam a condição para isenção, como comprovante de que foi ou é estudante do ProUni ou do Fies, ou declaração de que foi doador de medula. Todas as informações serão checadas pela Fundação Cesgranrio, a organizadora das provas.

Quem solicitar a isenção de inscrição receberá a resposta em até três dias úteis. Em caso de resposta negativa, será possível entrar com recurso. Todos esses passos serão feitos pela internet. Não haverá possibilidade de envio de documentos de maneira física.

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) alerta: candidatos que prestarem informações falsas podem ter as inscrições canceladas, ser excluídos da lista de aprovados ou até mesmo ter o ato de nomeação para o cargo cancelado, se for o caso.

As pessoas que não tiverem a isenção aprovada poderão se inscrever pagando a taxa (que custa R$ 60 para os cargos de nível médio ou R$ 90, no caso dos cargos de nível superior). Nesse caso, o prazo é um pouco maior: vai até o próximo dia 9 de fevereiro – data limite para inscrições regulares.

O concurso

A primeira edição do CPNU, que foi apelidado de ‘Enem dos Concursos’, vai selecionar 6.640 profissionais para 21 órgãos públicos federais. As provas acontecerão no próximo dia 5 de maio, e serão realizadas em 220 cidades em todos os estados do país, além do Distrito Federal.

Os candidatos realizarão provas objetivas específicas e dissertativas, de acordo com as áreas de atuação. O resultado definitivo sai em 30 de julho, e os candidatos aprovados começarão a ser convocados para ocupar os cargos em agosto deste ano, segundo previsão do cronograma oficial.

São oito editais, cada um referente a um bloco temático. Cada candidato poderá concorrer a todos os cargos dentro de um bloco temático. As pessoas inscritas deverão escolher o bloco e os cargos para os quais seu perfil é adequado. Além disso, deverão ordenar preferência entre os cargos e entre as diferentes especialidades. A aprovação se dará de acordo com a preferência informada, caso a nota seja suficiente para alocação em mais de um cargo.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos