14.7 C
Ouro Branco

Policiais Penais do RN esperavam ataques orquestrados por facção criminosa; diz Sindppen

Anúncios

Os policiais penais do Rio Grande do Norte já esperavam os ataques orquestrados possivelmente realizados por facção criminosa na madrugada desta quarta-feira (14), de acordo com a presidente do sindicato que representa a categoria, Vilma Batista.

Ela afirma que o aumento de concessões aos detentos e a falta de fiscalização contribuem para situações como essa.

Vilma Batista destacou que os policiais penais têm percebido um comportamento diferente por parte dos detentos, que estão ignorando ordens que antes eram seguidas. Além disso, alega que há uma onda de denúncias falsas por supostos maus-tratos aos detentos e a atuação de órgãos de defesa dos Direitos Humanos.

A facilidade de comunicação entre os detentos e membros da facção criminosa também tem sido um problema, segundo a representante dos policiais penais.

Solicitações dos Policiais Penais

Ela explicou que o sindicato enviará um documento aos policiais penais solicitando que “cortem” as regalias e que “não haverá mais teleatendimentos, principalmente presenciais, porque precisamos cessar esses comandos, esses contatos e priorizar o Estado”. Segundo Vilma Batista, o sindicato tem conhecimento de várias ordens que estão saindo de dentro do sistema prisional e que os policiais penais já tiveram que intervir em diversos episódios.

As informações são da Tribuna do Norte.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos