Pedro, do Flamengo, diz ter sido agredido por preparador físico do próprio clube

O atacante Pedro, do Flamengo, diz ter recebido um soco no rosto por parte do preparador físico Pablo Hernández, que integra a comissão técnica do próprio clube carioca, comandada por Jorge Sampaoli.

A confusão teria acontecido no vestiário do Independência após a vitória sobre o Atlético-MG, neste sábado (29), pelo Campeonato Brasileiro.

Hernández não teria gostado de ver o atacante sentado no banco de reservas enquanto os reservas realizavam aquecimento. No vestiário, Hernández supostamente fez uma cobrança mais ríspida ao jogador, e deu um soco em Pedro.

“Covardemente, sem motivo e inexplicavelmente, fui agredido, com um soco no rosto, por Pablo Fernandez, membro da comissão técnica do Sampaoli. A covardia física se sobrepôs diante da covardia psicológica que tenho sofrido nas últimas semanas”, disse o centroavante em seu Instagram.

“Alguém que se acha no direito de agredir o outro não merece respeito de ninguém. Já passei por muitas provações aqui no Flamengo, mas nada se compara com a covardia sofrida hoje.”

Na vitória sobre o Atlético-MG, de virada, no Independência, o técnico Jorge Sampaoli utilizou as cinco substituições. Pedro, contudo, não entrou em campo. O argentino optou pelas entradas de Arrascaeta, Pablo, Luiz Araújo, Everton Cebolinha e Thiago Maia.

Nos últimos jogos do Flamengo, Pedro tem sido pouco utilizado pelo treinador.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Descubra mais sobre Portal Ouro Branco Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading