13.9 C
Ouro Branco

Fugitivos iriam para o exterior; Lewandowski diz que voltarão a Mossoró

Anúncios

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, disse nesta quinta-feira (4) que a recaptura dos dois fugitivos do presídio federal de Mossoró (RN) é uma “notícia asseguradora” para a sociedade brasileira. Lewandowski também disse que eles tiveram auxílio de comparsas de facções na fuga.

Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, tinham fugido do presídio no dia 14 de fevereiro.

Nesta quinta, foram encontrados em Marabá (PA), 50 dias depois e a 1.600 km de distância.

“Obviamente, foram ajudados por criminosos externos e tiveram auxilio de seus comparsas e organizações criminosas”, afirmou Lewandowski.

“Os fugitivos estavam em um verdadeiro comboio do crime. Foram apreendidos 3 carros e diversas armas”, continuou o ministro.

De acordo com Lewandowski, desde o início das operações de recaptura, 14 pessoas foram presas por terem ajudado os fugitivos.

Os dois presos recapturados vão voltar para o presídio de Mossoró, que teve a segurança reforçada e a direção trocada.

Risco de ida para o exterior

Segundo Lewandowski, as autoridades haviam identificado risco de fuga de Rogério e Deibson para o exterior.

“Sabíamos que iriam para o exterior, não temos todas as informações”, contou o ministro.

‘Vitória do Estado

Lewandowski comemorou a prisão dos fugitivos e disse que a recaptura representa uma “vitória do Estado brasileiro”. Ele disse também que o crime organizado não ter sucesso.

“Vitória do Estado brasileiro, das forças de segurança do Brasil. E que demonstra que o crime organizado no nosso país não será bem-sucedido”, declarou Lewandowski.

Em seguida, ele citou a prisão, pela Polícia Federal, dos dois suspeitos de serem mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco, os irmãos Chiquinho Brazão e Domingos Brazão. “Mostrando que a coordenação de forças [entre as polícias] dá sucesso”, completou Lewandowski.

Forças de segurança darão combate sem tréguas ao crime organizado e certamente serão vitoriosas.

A prisão

A operação envolveu o monitoramento de três veículos que, segundo as investigações, davam cobertura à fuga – ao todo, seis pessoas foram presas nos três carros. Um dos foragidos foi capturado pela PF, e outro, pela PRF.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos