13.9 C
Ouro Branco

Flamengo vai ao Mundial com elenco mais caro da história do Brasil

Anúncios

Avaliado em R$ 690 milhões, elenco ficou ainda mais caro após virada do ano com aquisições de Gerson e Ayrton Lucas

Na tentativa de ser campeão mundial de clubes pela segunda vez na história (a primeira em um torneio chancelado pela Fifa), o Flamengo levará a Marrocos o elenco mais caro já montado por um time brasileiro em todos os tempos. De acordo com o “Transfermarkt”, site especializado na cobertura do Mercado da Bola internacional, o clube do Rio de Janeiro investiu um total de 124,6 milhões de euros (R$ 690,7 milhões) na compra dos direitos econômicos dos jogadores que formam seu atual elenco profissional.

Nunca antes o futebol pentacampeão mundial havia visto uma equipe sua formar um grupo de atletas tão caros assim.O recorde anterior pertencia ao próprio Fla, que fechou 2022, ano em que venceu a Copa Libertadores da América e obteve a classificação para o torneio que reúne os campeões continentais, com um elenco no qual havia investido 103,5 milhões de euros (R$ 574 milhões).

Só que o elenco rubro-negro se tornou ainda mais caro desde a virada do ano. O clube gastou 22 milhões de euros (R$ 122,4 milhões) para repatriar o meia Gerson, que estava no Olympique de Marselha, e adquirir os direitos do lateral-esquerdo Ayrton Lucas, originalmente emprestado pelo Spartak Moscou. O poderio econômico do representante brasileiro no Mundial é um ponto tão fora da curva no cenário nacional que conta com cinco dos sete jogadores mais caros já contratados por times da terra de Pelé, Garrincha, Romário, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho.

Os três primeiros colocados no ranking das maiores transferências da história do futebol brasileiro (Gabigol no topo e Gerson e Giorgian de Arrascaeta, na sequência) fazem parte do elenco rubro-negro. O sexto (Éverton Cebolinha) e o sétimo colocados (Pedro), também.

Normalmente disputado em dezembro, o Mundial de Clubes precisou ser adiado para fevereiro por causa da disputa da Copa do Mundo, no fim do ano passado. Outra particularidade desta edição é que, como a Liga dos Campeões da Ásia ainda não terminou, o representante do continente será o vencedor do torneio de 2021, o saudita Al-Hilal.

A primeira partida da competição da Fifa será disputada às 16h (de Brasília) de amanhã, entre o egípcio Al-Ahly, vice-campeão africano, e o neozelandês Auckland City, que ganhou a Champions da Oceania. O Flamengo só estreia na próxima terça-feira. Antes de viajar a Marrocos, na quinta-feira, os comandados de Vitor Pereira ainda jogam contra o Boavista, pelo Estadual do Rio.

As últimas dez edições do Mundial foram vencidas por clubes da Europa (quatro delas pelo Real Madrid, o time a ser batido neste ano). A última vez que uma equipe sul-americana levantou a taça foi em 2012, com o Corinthians. No caso específico do Flamengo, essa será sua terceira participação em competições cujo objetivo é premiar o melhor time de futebol do planeta. Em 1981, ele ganhou a antiga Copa Intercontinental com uma vitória sobre o Liverpool. Três anos atrás, em dezembro de 2019, o clube brasileiro reencontrou os ingleses no torneio da Fifa, mas acabou derrotado na decisão e ficou com o vice-campeonato.

Quanto o Flamengo gastou para montar elenco de 2023?

  • Gabriel Barbosa (A, Inter de Milão, 2020): 17,5 milhões de euros
  • Gerson (M, Olympique de Marselha, 2023): 15 milhões de euros
  • Giorgian de Arrascaeta (M, Cruzeiro, 2019): 15 milhões de euros
  • Éverton Cebolinha (MA, Benfica, 2022): 14 milhões de euros
  • Pedro (A, Fiorentina, 2021): 14 milhões de euros
  • Ayrton Lucas (LE, Spartak Moscou): 7 milhões de euros
  • Léo Pereira (Z, Athletico-PR, 2020): 7 milhões de euros
  • Rodrigo Caio (Z, São Paulo, 2019): 7 milhões de euros
  • Éverton Ribeiro (M, Al-Ahli, 2016): 6 milhões de euros
  • Bruno Henrique (A, Santos, 2019): 5,5 milhões de euros
  • Thiago Maia (V, Lille, 2022): 4 milhões de euros
  • Santos (G, Athletico-PR, 2022): 3 milhões de euros
  • Erick Pulgar (V, Fiorentina, 2022): 2,8 milhões de euros
  • Pablo (Z, Lokomotiv Moscou, 2022): 2,8 milhões de euros
  • Fabrício Bruno (Z, RB Bragantino, 2022): 2,5 milhões de euros
  • Marinho (A, Santos, 2022): 1,2 milhão de euros
  • Matheuzinho (LD, Londrina, 2019): 300 mil euros

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos