13.9 C
Ouro Branco

Associação denuncia que governo do RN pagou diárias do Carnaval somente para PMs da capital

Anúncios

A Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM) divulgou uma nota neste sábado (18) repudiando a ‘maneira discriminatória como os gestores e governo estadual têm tratado os policiais militares lotados no interior do Rio Grande do Norte’.

Segundo a associação, somente os PMs que se deslocaram da capital ao interior receberam o pagamento das diárias da operação Carnaval.

Os policiais do interior, que também trabalharão na folga e farão deslocamentos para outras cidades durante o Carnaval, foram deixados na incerteza de quando serão remunerados pelo serviço.

A APRAM classificou essa atitude como segregadora, desestimulante e prejudicial ao efetivo incumbido de fazer a segurança da população nos principais polos carnavalescos do estado.

Confira a nota emitida pela Associação na íntegra:

“A Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM) vem a público repudiar a maneira discriminatória dos gestores e governo estadual no tratamento dado aos policiais militares lotados no interior do Rio Grande do Norte.

Com seu direito à folga atingido com escalas compulsórias e com as diárias operacionais do mês de janeiro por receber, os PMs do interior foram informados que o governo efetuou nesta (17) o pagamento das diárias da operação Caenaval apenas do efetivo que se deslocou da capital ao interior.

Os militares do intrior realizarão o mesmo serviço, trabalharão na folga e também farão deslocamentos para outras cidades, mas na visão dos gestores e comandos não merecem o mesmo tratamento, ficando na incerteza de quando serão remunerados pelo serviço.

É uma atitude que segrega, desestimula e atinge em cheio o efetivo incumbido por fazer a segurança da população nos principais polos carnavalescos do estado. Lamentável que esse tratamento diverso com iguais perdure num governo intitulado democrático.

Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM).”

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos