15.8 C
Ouro Branco

Yoga: a importância da prática para a saúde do corpo e da mente

Anúncios

No mundo agitado de hoje, com ritmos de vida acelerados e estresse constante, encontrar maneiras de cuidar do corpo e da mente tornou-se essencial. Entre as diversas opções disponíveis, a prática milenar da yoga tem se destacado como um caminho para alcançar saúde e equilíbrio, e ganha espaço também nas academias.

Combinando posturas físicas, exercícios de respiração e meditação, a prática aperfeiçoada na Índia há milhares de anos, se espalhou por todo o mundo, conquistando milhões de seguidores apaixonados.

Quando se trata da saúde do corpo, a yoga oferece inúmeros benefícios. As posturas físicas, conhecidas como asanas, ajudam a fortalecer os músculos, aumentar a flexibilidade e melhorar a postura.

A yoga pode ser ainda uma aliada eficaz para quem tem problemas cardíacos e dores crônicas, como aquelas associadas a condições como artrite e fibromialgia. A prática regular promove o alongamento e o fortalecimento dos músculos, reduzindo o impacto sobre as articulações e aliviando o desconforto.

Segundo Hugo Matos, professor de yoga da Bodytech Tirol, em Natal, o objetivo é trabalhar corpo, mente e energia de forma interligada, auxiliando também a promover uma sensação de bem-estar e paz, sendo uma excelente forma de fortalecer a saúde física.

No entanto, a importância vai além dos benefícios físicos. A saúde mental também é significativamente impactada por essa prática. Por meio da combinação de exercícios respiratórios e meditação, ajuda a acalmar a mente, reduzir a ansiedade e melhorar a qualidade do sono.

“Geralmente as pessoas que buscam a yoga aqui na academia estão passando por alguma crise de ansiedade, agitações mentais e inquietações. A prática proporciona o silenciar da mente, já que nenhuma outra atividade causa esse efeito positivo à saúde mental”, explica Hugo.

Nesse sentido, estudos científicos têm demonstrado que a prática regular de yoga pode diminuir os níveis de cortisol, o hormônio do estresse, e aumentar a produção de serotonina, neurotransmissor associado ao bem-estar. Esses efeitos ajudam a regular o humor, reduzir a depressão e promover uma sensação geral de felicidade e serenidade.

A yoga também é um convite para cultivar a consciência plena e o autocuidado. Ao dedicar um tempo para si mesmo, é possível desenvolver habilidades de autopercepção e autocompaixão, fundamentais para manter uma mente saudável e equilibrada em meio às demandas do cotidiano.

Para Gigi Buonora, 56, praticante de yoga há 5 anos, foi uma verdadeira virada de chave em busca de bem-estar e uma forma de desacelerar a rotina. “Depois da yoga, aprendi a viver realmente o momento presente, me sinto mais conectada comigo mesma e com o agora. A cada prática, avanço em minha flexibilidade, mobilidade e autoconhecimento do corpo e da mente”, enfatiza.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos