25.1 C
Ouro Branco

Tribunal de Justiça da Bahia nega habeas corpus a Wendel Lagartixa

Anúncios

Tribunal de Justiça da Bahia negou o pedido de liberdade do policial militar reformado Wendel Fagner Cortez de Almeida, conhecido como Wendel Lagartixa. A desembargadora Inez Maria Miranda, relatora do habeas corpus, indeferiu o pedido liminar da defesa na noite de segunda-feira 13. Wendel Lagartixa é acusado de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e fraude processual.

A defesa do potiguar argumentou que o juiz responsável pela prisão preventiva não apresentou de forma concreta os motivos para a custódia cautelar. No entanto, a desembargadora citou a decisão inicial de prisão, destacando que o acusado possui condenação definitiva e antecedentes criminais, incluindo envolvimento com grupos de extermínio e processos por homicídios.

Após audiência de custódia na segunda-feira, o juiz Leonardo Coelho Bomfim manteve a prisão de Wendel Lagartixa e determinou seu encaminhamento para a unidade militar Coordenação de Custódia Provisória da Corregedoria Geral da Polícia Militar, em Salvador.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos