13.5 C
Ouro Branco

Só anistia a partidos salvará PT em SP de dívidas milionárias

Anúncios

Nenhum dirigente do PT acredita que será possível salvar o diretório de São Paulo sem a aprovação de um projeto que anistie os partidos políticos por problemas na prestação de contas à Justiça Eleitoral.

A coluna revelou há duas semanas que o diretório do PT de São Paulo está com verbas do fundo partidário e de doações privadas bloqueadas devido às cobranças que enfrenta na Justiça. O PT-SP também aderiu a um programa de recuperação fiscal para quitar dívidas tributárias com a União.

O entendimento entre os petistas é de que o diretório estadual jamais conseguirá pagar as dívidas atuais com recursos próprios. A direção nacional se recusa a arcar com os compromissos não honrados pelo PT-SP.

Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) sobre o assunto começou a tramitar na Câmara no ano passado. Entre outras benesses, o texto livrava os partidos de qualquer punição imposta por irregularidades nas prestações de contas. O projeto tinha simpatia de lideranças da esquerda e da direita, mas o relatório do deputado Antônio Carlos Rodrigues, do PL de São Paulo, travou na comissão especial designada para analisar o texto.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos