13.8 C
Ouro Branco

Quase 300 crianças sequestradas na Nigéria são libertas por homens armados, diz governador

Anúncios

Quase 300 crianças em idade escolar sequestradas na Nigéria no início deste mês foram libertas, segundo disse o governador do estado de Kaduna, em post na plataforma X neste domingo (24).

“As crianças sequestradas da escola Kuriga foram libertas ilesas”, disse Uba Sani, sem fornecer mais detalhes. Sani também agradeceu ao presidente nigeriano, Bola Tinubu, que “trabalhou conosco 24 horas por dia para garantir o regresso seguro das crianças”.

Em 7 de março, mais de 300 estudantes foram sequestrados por bandidos armados em motocicletas que invadiram a Escola Primária e Secundária LEA na vila de Kuriga, no distrito de Chikun, em Kaduna, disse o porta-voz da polícia do estado, Mansur Hassan, à CNN na época.

Alguns estudantes foram resgatados, mas 287 deles permaneceram com os sequestradores – cerca de 100 eram da escola primária e os restantes da escola secundária.

Os homens armados exigiram na semana passada um resgate de 1 bilhão de nairas (R$ 3,2 milhões) e ameaçaram matar todos os estudantes se suas exigências não fossem atendidas, disse um membro da comunidade local.

Sani acrescentou no domingo que o Conselheiro de Segurança Nacional do país, Nuhu Ribadu, coordenou as “operações das agências de segurança, que eventualmente resultaram neste resultado bem-sucedido”.

“O Exército Nigeriano também merece elogios especiais por mostrar que com coragem, determinação e empenho, os elementos criminosos podem ser degradados e a segurança restaurada nas nossas comunidades”, disse Sani.

O estado de Kaduna, que faz fronteira com a capital nigeriana, Abuja, a sudoeste, tem lutado com incidentes recorrentes de sequestros para resgate por bandidos e testemunhou vários sequestros em massa nos últimos anos.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos