14.8 C
Ouro Branco

População LGBTQIA+ têm muito a oferecer economicamente para o país, diz empreendedora

Anúncios

A cantora, empreendedora e fundadora da “Nhaí’ Raquel Virgínia avalia que a população LGBTQIA+ “tem muito a oferecer economicamente para o País.”

Ela, que é uma mulher trans, dedica sua empresa a prestar consultoria e criar projetos de diversidade para empresas.

“Estamos começando a ter compreensão forte e precisa de que a nossa contribuição é fundamental para o desenvolvimento de novos produtos, design e ideias”, afirmou, à CNN Rádio, no CNN No Plural.

População LGBTQIA+

Segundo Raquel, a perspectiva da população LGBTQIA+ é “única na sociedade”, já que a vida das pessoas trans e da comunidade como um todo é “cheia de desafios e resiliência.”

“Podemos levar isso para a vida empresarial, nossa construção como profissionais, nesse sentido tem muito o que oferecer, é impressionante como o empreendedorismo LGBT tem desenvolvido coisas incríveis.”

Ela, que está em Harvard justamente para evento sobre diversidade e empreendedorismo, disse que essa percepção está “cada vez mais forte.”

“Estamos vivendo uma revolução no comportamento, há mudança profunda na sociedade brasileiro”, completou.

Ao mesmo tempo, a especialista defende que não somente a capacitação das pessoas é necessária, mas a das lideranças dentro das empresas também.

“Os líderes precisam ser mais provocados a sair da zona de conforto e buscar lugar de inovação que a gente pode oferecer”, disse.

*Com produção de Isabel Campos

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos