12.1 C
Ouro Branco

Polícia prende em SP homem apontado como suspeito de matar prefeito de São José do Campestre

Anúncios

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte informou na noite desta sexta-feira (19) que foi preso em São Paulo o principal suspeito do assassinato do prefeito de São José do Campestre, Neném Borges (MDB). O crime aconteceu em 18 de abril de 2023, na casa do prefeito.

De acordo com a polícia, a prisão aconteceu no município de Guarulhos, na Grande São Paulo.

Contra Vando Fernandes Gomes, de 22 anos, existe um mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio, fruto das investigações da 6ª Delegacia Regional de Nova Cruz/RN (6ª DRP).

De acordo com as investigações, o autor do crime é chefe local de uma facção criminosa interestadual e teria decidido matar o prefeito por causa do apoio institucional de Neném Borges às ações policiais no município.

“Rixa com o prefeito”

Em dezembro, ao dar informações sobre o andamento das investigações, o delegado Wellington Guedes disse que o mentor e executor do crime atribuía ao prefeito operações que vinham sendo realizadas contra o grupo. Ainda de acordo com o delegado, depoimentos apontam que o criminoso já havia falado que iria matar o prefeito.

“Houve um fato relevante que 15 dias antes da execução do prefeito, a Polícia Civil deflagrou uma operação em que foram apreendidos um colete balístico e uma arma de fogo desse suspeito, que teria sido usada em outro homicídio”, afirmou o delegado.

“O que apuramos de forma técnica, o que foi demonstrado nos autos, é que ele criou uma rixa pessoal com o prefeito Neném Borges, porque o prefeito demonstrava publicamente que apoiava as forças de segurança e sempre se colocou à disposição para que possíveis estruturas da prefeitura fossem utilizadas para o enfrentamento do crime organizado”, disse.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos