17.6 C
Ouro Branco

Vídeo: Operação “Agere pro Viribus” prende 57 suspeitos de envolvimento com atos criminosos no RN

Anúncios

Na manhã desta segunda-feira (27), a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) deflagrou a operação “Agere pro Viribus” em 14 municípios do Rio Grande do Norte, com o objetivo de prender suspeitos de integrar facções criminosas envolvidas em atos criminosos na capital potiguar e no interior do estado.

Ao todo, 57 pessoas foram presas durante a operação, que contou com a participação das polícias Civil, Militar e Federal, além do Instituto Técnico-Científico de Perícia, da Secretaria de Administração Penitenciária e da Polícia Rodoviária Federal.

A ação policial também resultou na apreensão de armas e drogas, além de dois suspeitos que foram feridos em confronto nos municípios de Extremoz e Pendências, socorridos, mas não resistiram. Desde o dia 14 de março, já foram presas 263 pessoas.

A delegada-geral do RN, Ana Claudia Saraiva, esclareceu que a operação é resultado de uma coordenação investigativa, que conta com o apoio do judiciário e do Ministério Público neste trabalho permanente de investigação.

O secretário da Sesed, Coronel Francisco Araújo, destacou que todas as ações foram feitas de forma integrada com todas as instituições no âmbito do estado do Rio Grande do Norte e que as forças de segurança continuam com ações de investigações e operações policiais no enfrentamento da criminalidade.

Os mandados de prisão foram cumpridos nos municípios de Natal, Apodi, Mossoró, Extremoz, Goianinha, Tangará, Tibau do Sul, Várzea, Macau, Pendências, São Gonçalo do Amarante, São Paulo do Potengi, Nova Cruz e Parnamirim.

A operação “Agere pro Viribus” faz referência ao ato de proceder tendo em conta os meios de que se dispõe; empregar a força que se tem.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos