14.7 C
Ouro Branco

Ministério da Justiça autoriza emprego da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária nos presídios do RN

Anúncios

O Ministério da Justiça autorizou o emprego da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária nos presídios do Rio Grande do Norte por um período de 30 dias. A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (15).

Ministério da Justiça autoriza emprego da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária nos presídios do RN

De acordo com a publicação, a Força Tarefa vai “exercer a coordenação das ações das atividades dos serviços de guarda, de vigilância e de custódia de presos”.

Pelo menos 29 cidades do estado foram alvo de ataques desde a madrugada de terça-feira (14). O secretário estadual de Segurança Pública, coronel Francisco Araújo, afirmou que os ataques são motivados por reivindicações de presos, como televisão e visita íntima.

Segundo a Secretaria de Segurança, as ordens teriam partido de dentro da Penitenciária de Alcaçuz, a maior unidade prisional do estado, localizada em Nísia Floresta, na Grande Natal. Um preso, suspeito de envolvimento nos ataques, foi transferido de Alcaçuz para uma unidade prisional federal nesta terça.

Em nota, o Ministério explicou ainda que a “ação não configura o instituto da intervenção federal no Estado do Rio Grande do Norte e presta-se a amparar técnica e juridicamente as atividades de cooperação integrada de apoio ao estado potiguar”.

Nesta quarta, o g1 mostrou que o Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT), durante inspeções realizadas em novembro de 2022, apontou tortura, comida estragada e contaminação proposital por tuberculose em presídios do RN.

O Rio Grande do Norte teve a segunda noite de violência com ataques em Natal e pelo menos outras sete cidades. Ao menos duas pessoas ficaram feridas.

Até às 18h30 desta quarta, segundo a polícia, as operações para combater os ataques tiveram:

  • 43 suspeitos presos;
  • 12 armas de fogo apreendidas;
  • 39 artefatos explosivos apreendidos;
  • 9 galões de gasolina apreendidos;
  • 5 motos apreendidas;
  • 2 carros apreendidos;
  • dinheiro;
  • drogas;
  • munições.

Os ataques

Na capital, quatro ônibus de turismo que estavam na garagem de uma empresa foram incendiados e ficaram completamente destruídos. O proprietário estima um prejuízo de R$ 500 mil. “Vinte anos de batalha se acabaram aqui. É muito triste”, disse o empresário José Cardoso Sobrinho.

Criminosos também quebraram uma porta de vidro em Natal e jogaram um coquetel molotov em uma loja de motos na Avenida Nevaldo Rocha, uma das principais vias de Natal.

Ainda na capital, um carro particular foi incendiado na rua. Os bandidos mandaram o motorista parar e descer do carro, atiraram para cima e, em seguida, atearam fogo no veículo.

Na praia de Pipa, que fica no município de Tibau do Sul, criminosos atiraram contra a base policial e tentaram incendiar o local.

Pelo menos três ônibus foram incendiados em Parnamirim, na Grande Natal, e outro em Areia Branca. Em Currais Novos, criminosos tentaram atear fogo em um carro que estava estacionado no pátio da Central do Cidadão, mas não conseguiram. Na mesma cidade, a van do cantor Jhonny Cortez, ex-cantor da banda Limão com Mel, foi parcialmente incendiada na madrugada. Os bombeiros foram acionados e controlaram as chamas.

Em Nova Cruz, criminosos incendiaram um ônibus de autoescola que estava estacionado na rua. Já no município de Pureza bandidos atearam fogo em um ônibus escolar.

Na cidade de Riachuelo, criminosos tentaram atear fogo no prédio do conselho tutelar, mas a polícia chegou e conseguiu evitar a ação. Um caminhão pipa foi incendiado na cidade de Santa Cruz.

No município de São Tomé, dois ônibus escolares ficaram destruídos após criminosos atearem fogo nos veículos. O ataque aconteceu por volta das 2h30. “Sentimento de revolta e impotência, durante a madrugada tivemos atentados ao nosso patrimônio público, que tanto serve a nossa população”, postou o prefeito da cidade, Anteomar Pereira.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos