15.4 C
Ouro Branco

Milei irá rever Musk e se encontrar com Zuckerberg em busca de investimentos

Anúncios

Presidente argentino vive queda de popularidade, mas busca se aproximar de líderes de empresas de tecnologia

O presidente da Argentina, Javier Milei, se reunirá com o CEO da Meta, Mark Zuckerberg , e participará de uma cúpula no Vale do Silício no dia 30 de maio. Ele também terá encontros com representantes da OpenAI, Apple, Google e outras empresas líderes, além de uma nova reunião com Elon Musk , dono da Tesla. “O governo trabalha para atrair investimentos,” disseram fontes oficiais. As informações são do jornal Clarín.

Nos últimos meses, o presidente argentino teve 14 reuniões com representantes de empresas tecnológicas em Buenos Aires, incluindo Meta, Google e Amazon Web Services. As empresas demonstraram interesse em oferecer ferramentas de inteligência artificial, serviços em nuvem e ajudar na modernização do Estado.

A viagem foi organizada pelo conselho de assessores econômicos, presidido por Damian Reidel, que viveu nos Estados Unidos e também participará das reuniões. Reidel, que foi cotado para presidir o Banco Central, acabou não assumindo devido a diferenças com Caputo. Santiago Bausili, sócio do ministro da Economia, assumiu a posição.

O plano de Reidel incluía eliminar a “bomba” das Leliqs e evitar o endividamento em dólares para gerir a dívida em pesos. Em vez disso, passivos foram liquidados e foi criado o Bopreal, um título que aumentou a dívida em moeda estrangeira.

Reunião de Abril com Elon Musk

Em abril, Musk e Milei se encontraram em uma fábrica da Tesla no Texas, após meses de interações nas redes sociais. Os dois discutiram temas como a promoção do empreendedorismo e os perigos existenciais da queda nas taxas de natalidade. Eles também planejam um grande evento na Argentina para promover ideias de liberdade.

Musk e Milei destacaram sua amizade nas redes sociais, reforçando sua admiração mútua e valores de livre mercado. A reunião foi fechada à imprensa, e a presidência argentina afirmou que os dois discutiram uma ampla gama de tópicos, mas sem fornecer muitos detalhes adicionais.

‘Rei do mundo perdido’

Na última semana, enquanto a economia da Argentina encolhia 8%, Milei fazia um show de rock em Buenos Aires. Na noite de quarta-feira (22) o presidente argentino subiu ao palco da tradicional casa de shows Luna Park para cantar a plenos pulmões um rock do grupo Mataderos:“sou o rei de um mundo perdido”.

No dia seguinte (23),veio a notícia de que a economia do país encolheu 8,4% em março. Milei segue determinado a fazer o que for preciso para livrar o país dos vícios que o levaram à bancarrota. Mas a vala econômica no curto prazo acabou de ficar mais funda. A pergunta número um de analistas e investidores em Buenos Aires e região nesta manhã é até quando a música presidencial poderá seguir tocando sem mudar de ritmo.

Este foi o quinto mês consecutivo de queda e a queda mais acentuada desde 2020, de acordo com informações da Reuters. O resultado foi pior do que a baixa de 6,9% estimada por analistas de mercado em uma pesquisa da agência de notícias, destacando o impacto das políticas de corte de custos do presidente Javier Milei desde que assumiu o cargo em dezembro de 2023.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos