24 C
Ouro Branco

Itamaraty recomenda saída da Cisjordânia em voos comerciais para brasileiros

Anúncios

Diante do aumento das tensões na Cisjordânia, o Ministério das Relações Exteriores está aconselhando que os brasileiros que possuam passagens aéreas ou meios de adquiri-las optem por voos comerciais para retornar ao Brasil.

Até o momento, não há planos para uma operação de repatriação utilizando aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB).

A Cisjordânia é habitada por aproximadamente 6 mil brasileiros, a maioria com dupla nacionalidade e residência fixa na região. Para sair da Cisjordânia, é necessário utilizar o Aeroporto Internacional Queen Alia, localizado em Amã, que continua operando normalmente.

Esse território é a parte palestina a oeste do rio Jordão, fazendo fronteira com Israel e Jordânia, e seus habitantes esperam que ele seja incorporado a um futuro Estado palestinoDiante do aumento das tensões na Cisjordânia, o Ministério das Relações Exteriores está aconselhando que os brasileiros que possuam passagens aéreas ou meios de adquiri-las optem por voos comerciais para retornar ao Brasil..

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos