Moraes autoriza interrogatório do Deputado General Girão

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, concedeu autorização para que a Polícia Federal (PF) interrogue o deputado federal General Girão (PL-RN) em relação ao inquérito que investiga sua possível participação na incitação dos atos antidemocráticos de 8 de janeiro.

A abertura do inquérito ocorreu após solicitação da Procuradoria-Geral da República (PGR) e, além disso, Moraes solicitou uma investigação sobre a suposta prática de crime contra o Estado Democrático de Direito e associação criminosa por parte do político. O deputado tem um prazo de 10 dias para prestar seu depoimento, a contar a partir de 25 de setembro, data da autorização para a oitiva.

Acusações contra o deputado federal General Girão

General Girão está sob investigação por supostamente incitar atos golpistas em Brasília e tentar desacreditar os resultados das eleições de 2022, que elegeram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Descubra mais sobre Portal Ouro Branco Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading