14.7 C
Ouro Branco

OURO BRANCO: Presente de Grego; prefeito cobra impostos para comerciantes locais durante o carnaval

Anúncios

Os comerciantes de Ouro Branco-RN, receberam com amargura o boleto de cobrança dos impostos para instalarem seus negócios no espaço do carnaval promovido pela Prefeitura.

Ao que parece, Samuel Souto quer fazer caridade do carnaval com chapéu alheio dos comerciantes, alguns tendo que pagar mais de cem reais para vender nos quatro dias de carnaval. Foi o que revelaram comerciantes insatisfeitos com toda a situação.

O que foi acertado no encontro com os organizadores do carnaval

Em uma reunião informal realizada pela prefeitura, na noite da última terça-feira (7), foi acertado que os comerciantes poderiam colocar suas barracas e ganhar seu dinheirinho durante os quatro dias de carnaval, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 50.

Alguns comerciantes que estiveram na reunião relataram ao Portal OBNews, que além do prefeito não deixar ninguém falar, também não cumpriu com o que tinha sido acordado no encontro e na manhã dessa quarta-feira (8), foram presenteados com boletos de R$102,00.

“O prefeito não precisava ter feito reunião, não deixou ninguém falar nada e o pior, recebemos um boleto com o dobro do valor quer seria cobrado, segundo ele. O engraçado disso tudo é ele falar como se tivesse fazendo uma caridade, dizer que tava fazendo isso para ajudar aos comerciantes de Ouro Branco. Homi Qúaa” Disse um dos comerciantes.

Boleto emitido pela prefeitura de Ouro Branco-RN, com valor total de R$102,00

O Prefeito Samuel Souto, não contou conversa, valeu-se logo do Código Tributário para cobrar cada pecha de impostos dos comerciantes, e o resultado foi a salgada cobrança. Tanto faz ser comerciante local ou de fora, vender ouro ou balinhas, ser pequeno comerciante ou grande empreendedor, o valor do boleto é o mesmo e quem não pagar entrar na dívida ativa do município.

A ex-prefeita Fátima Silva, sempre foi ciente da necessidade de aliar tributos com a capacidade dos comerciantes, e por isso sempre desconsiderava a formalidade para quem quisesse ganhar um dinheirinho durante o carnaval.

O prefeito Samuel Souto resolveu tornar tudo oficial e o resultado é esse saldo já negativo no bolso dos pequenos comerciantes municipais. “O povo de Ouro Branco, achava que tinha ganhado ouro, ganhou mais foi ouro de tolo” Disse outro comerciante insatisfeito com a cobrança.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos