PF solicita aos EUA documentos e imagens sobre venda de joias

A Polícia Federal (PF) concluiu os pedidos de cooperação com os Estados Unidos no rastro da investigação sobre o escândalo da venda de joias no exterior por ex-auxiliares de Jair Bolsonaro (PL).

As solicitações, segundo relatos feitos à CNN, incluem documentação sobre a compra e a venda de joias, quebra de sigilos bancários e pedidos de filmagem.

Pedido de cooperação no caso da venda de joias

A expectativa dos investigadores é de que, com o envio das solicitações para a autoridade central norte-americana, as primeiras informações sejam fornecidas ainda na primeira quinzena de setembro.

O pedido é efetuado por meio do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, do Ministério da Justiça, e inclui o envio de uma equipe da Polícia Federal para efetuar diligências.

A pedido da Polícia Federal, foi autorizada a quebra de sigilo das contas bancárias no exterior de Jair Bolsonaro e do general da reserva Mauro César Lourena Cid, pai do ex-ajudante de ordens Mauro Cid.

A suspeita é de que a conta bancária do militar teria sido usada para recebimento de valores relativos a vendas de presentes de alto valor recebidos por agentes públicos brasileiros de autoridades árabes.

No Brasil, segundo os investigadores da Polícia Federal, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) identificou ao menos R$ 4 milhões em movimentações financeiras de recursos no exterior em contas do general no Brasil.

CNN BRASIL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Descubra mais sobre Portal Ouro Branco Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading