19.7 C
Ouro Branco

Governo federal vai ao Vale do Javari para debater operações de segurança

Anúncios

Uma comitiva do governo federal vai ao Vale do Javari, no Amazonas, nesta segunda-feira (27), para debater medidas de segurança com a União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja).

Eliesio Marubo, procurador da Univaja, afirma que a região continua controlada pelo crime organizado e que é necessário ações para garantir a proteção e preservação das comunidades indígenas, ambientalistas e servidores públicos.

Governo federal vai ao Vale do Javali para debater medidas de segurança

A expectativa é que as forças policiais articulem operações de grande porte e permanentes na região.

“Vamos pedir providências específicas. Queremos que os ministros assumam compromissos com a região. Nós temos informações, planejamento e possibilidade de execução. Vamos continuar as denúncias e se o agente público não cumprir, vamos tomar medidas para que ele possa sofrer, pelo menos, processo administrativo”, explicou Marubo, por telefone.

Representantes do Ministérios da Justiça, Povos Indígenas, Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas), Ibama e forças policiais devem participar das discussões. A agenda das autoridades não foi divulgada por questões de segurança.

Além da garantia da presença do Estado para a segurança, a Univaja também espera que o governo anuncie a retomada das investigações dos assassinatos do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips.

Em janeiro, a Polícia Federal divulgou que o traficante Rubens Villar, conhecido como “Colômbia” foi mandante do crime.

“Nós não concordamos com a forma prematura que a PF encerrou o caso. Esperamos que apurem outras provas”, afirmou o representante da Univaja.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos