23 C
Ouro Branco

Dilma Rousseff é eleita presidente do banco dos Brics e deverá ganhar US$ 500 mil por ano

Anúncios

A ex-presidente Dilma Rousseff foi eleita para a presidência do Novo Banco do Desenvolvimento (NDB), conhecido como Banco dos Brics, nesta sexta-feira (24). Dilma deve ganhar cerca de US$ 500 mil por ano à frente da instituição, equivalente ao valor pago pelo Banco Mundial. O banco ainda oferece benefícios como assistência médica, auxílio viagem para o país de origem, subsídios para mudança em caso de contratação e desligamento, transporte aéreo.

A instituição financeira foi criada em 2014 pelos Brics – bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O conselho de governadores do banco, formado pelos ministros da Fazenda dos países fundadores do NDB, mais os representantes dos quatro novos integrantes (Bangladesh, Emirados Árabes Unidos, Egito e Uruguai), se reuniram por videoconferência para votar a indicação de Dilma.

A petista foi sabatinada pelas autoridades estrangeiras ao longo deste mês, depois que o NDB comunicou o início da troca de comando. Ela substituirá o diplomata e economista Marcos Troyjo, ex-integrante da equipe do ex-ministro da Economia Paulo Guedes

Indicada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Dilma era candidata única. Ela ficará no cargo para completar o mandato brasileiro, até julho de 2025.

A posse da ex-presidente no cargo deve acontecer na próxima quarta-feira (29), durante a viagem do presidente Lula à China. O presidente adiou sua ida ao país asiático para domingo (26), após ser diagnosticado com uma pneumonia leve.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos