Cultura do descaso: algarobeira derrubada na Rua de Baixo segue sem recolhimento

Passadas duas semanas da realização da comemoração dos 70 anos de Emancipação Política de Ouro Branco pela gestão de Samuel Souto, a árvore derrubada para dar espaço para a instalação do palco do evento continua “enfeitando” as casas da Rua de Baixo. Situada em frente à residência de Sr Honorato (in memoriam), a algarobeira de valor histórico e social foi utilizada para sustentar a estrutura do palco improvisado ainda na noite de 17 de novembro.

A derrubada de arborização em vias públicas sem prévia autorização da Secretaria de Meio Ambiente é crime ambiental passível de multa e até prisão. Mas na gestão do prefeito Samuel Souto tudo pode, desde que não atrapalhe seus planos de deslumbrar a população.

Por decreto de 2011, pela derrubada da algarobeira, o responsável deveria compensar a vizinhança com alguma medida ecológica, mas até agora nem sequer a remoção das galhadas foi realizado pela Prefeitura.

A comemoração dos 70 anos de Emancipação Política de Ouro Branco foi planejado pela gestão de Samuel Souto desde maio, mas o evento mostrou ser um fiasco e revelou a desorganização do governo atual. Animais transitando entre as pessoas, ausência do prefeito e proibição de palco foram alguns dos contratempos enfrentados pelos organizadores do evento.

O cenário de destruição deixado na árvore expõe o descaso da gestão de Samuel Souto, que tem se preocupado mais em deslumbrar a população com eventos festivos realizados a todo custo.

FONTES:

https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9605.htm

https://ourobranco.rn.gov.br/post/4041/concerto-abre-programacao-alusiva-aos-70-anos-de-emancipacao-politica

https://ourobranco.rn.gov.br/post/3759/entrega-do-marco-dos-70-anos-de-emancipacao-politica-marca-inicio-das-comemoracoes

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Descubra mais sobre Portal Ouro Branco Notícias

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading