15.8 C
Ouro Branco

Condenado por falsificação ideológica, secretário de Planejamento de Mossoró é exonerado do cargo

Anúncios

Exoneração foi publicada neste sábado (20) no Diário Oficial. MPF apontou que Kadson Eduardo falsificou documento e alterou data audiência na Vara Federal de Pau dos Ferros. Advogado Kadson Eduardo, ex-secretário de planejamento de Mossoró

Condenado por falsificação ideológica, o secretário de Planejamento, Gestão e Orçamento de Mossoró, Kadson Eduardo, foi exonerado do cargo neste sábado (20). A saída foi publicada no Diário Oficial do município.

O advogado foi condenado após uma denúncia do Ministério Público Federal (MPF), em 2016, antes de sua atuação na gestão municipal.

Em abril de 2023, o processo trânsitou em julgado – sem mais instâncias para recorrer – e a condenação se tornou definitiva, enquadrando Kadson na Lei da Ficha Limpa Municipal, de 2012.

A Inter TV Costa Branca procurou a prefeitura de Mossoró para um posicionamento do ex-secretário e do Município sobre o assunto, mas não recebeu respostas até a atualização mais recente desta matéria.
Com a exoneração de Kadson Eduardo, o Município informou que quem assumiu a pasta foi a secretária municipal de Finanças, Tatiane Paula Leite, que passa a acumular as duas funções.

A denúncia do MPF apontou que Kadson Eduardo, na função de advogado, falsificou um documento e alterou a data de uma audiência na 12ª Vara Federal de Pau dos Ferros. O processo é de 2013. A audiência era relacionada à demarcação de terras particulares em Apodi.

Apesar da alegação da defesa do advogado, que citava falhas no sistema eletrônico judiciário, o juiz Rodrigo Arruda Carriço condenou Kadson Eduardo a 2 anos de reclusão e 10 dias-multa – a pena restritiva foi substituída por prestação pecuniária e prestação de serviços à comunidade.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos