13.9 C
Ouro Branco

Caso Marielle: Moraes homologou delação de Ronnie Lessa, diz Lewandowski

Anúncios

O Ministro Ricardo Lewandowski declarou, na noite desta terça-feira 19, que o Supremo Tribunal Federal (STF) homologou a delação do ex-policial militar Ronnie Lessa. Ele é um dos suspeitos de participação na morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes em 2018.

O processo segue em segredo de justiça. O ministro diz acreditar que, em breve, o caso terá resultados concretos. “Traz elementos importantíssimos, que nos levam a crer que a solução do assassinato da vereadora Marielle Franco”, diz ministro.

“Sabemos que esta colaboração premiada que é um meio de obtenção de provas traz elementos importantíssimos que nos levam a crer que brevemente nós teremos a solução do assassinato da vereadora Marilene Franco”, disse Lewandowski, que destacou que os termos do acordo estão em segredo de Justiça e que não teve acesso ao conteúdo.

Na opinião de Lewandowski, “certamente muito em breve teremos os resultados daquilo que foi apurado pela competentíssima ação da Polícia Federal, que, em um ano, chegou a resultados concretos nessa investigação”.

“É importante que se diga que o trabalho da Polícia Federal contou com a participação do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual. As duas instituições, evidentemente, trabalharam dentro das suas atribuições, em colaboração com a Polícia Federal”, acrescentou o ministro da Justiça.

“Posso assegurar às senhoras e senhoras que esse procedimento seguiu estritamente o devido processo legal e que, como disse, previamente, pensamos que teremos resultados concretos”, finalizou Lewandowski.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos