11.6 C
Ouro Branco

Bivar apresenta denúncias envolvendo Rueda ao Conselho do União Brasil

Anúncios

O deputado federal Luciano Bivar (União-PE) afirmou, nesta terça-feira (12/3), que apresentou denúncias envolvendo Antônio Rueda, presidente eleito do União, ao Conselho de Ética do partido.

A informação foi divulgada um dia após as casas de Rueda e de sua irmã, tesoureira do partido, serem alvo de incêndios. Os imóveis ficam em um condomínio de Ipojuca (PE). Bivar também tem uma casa no mesmo condomínio.

Rueda e Bivar brigam pela presidência do partido desde o início do ano. Após o incêndio, uma ala do União levantou suspeitas sobre uma participação de Bivar no caso. O deputado nega.

Nesta terça, Bivar afirmou que as acusações contra ele são uma “represália” pela apresentação de denúncias envolvendo nomes do União. Segundo o deputado, três parlamentares do partido acusam Rueda e outros políticos de uso ilegal de fundo de financiamento de campanha.

De acordo com Bivar, duas denúncias foram apresentadas pelo prefeito de Belford Roxo, Waguinho Carneiro (Republicanos) e pela senadora Soraya Thronicke (Podemos-MS). Ambos foram filiados ao União no passado. Segundo Bivar, uma terceira denúncia teria sido apresentada pelo suplente de deputado federal Junior Orosco (União-SP).

Bivar e a equipe jurídica do União não detalharam as denúncias, mas afirmaram que apresentaram o caso ao Conselho de Ética do partido. Caberá ao órgão decidir se apresenta acusações a outras autoridades.

“Repudio qualquer ilação que tenha com os últimos acontecimentos. Isso é fruto de uma represália em função de denúncias que estamos apresentando hoje ao Conselho de Ética do partido. Essa minha indignação a querer imputar a nós um assunto particular que não tem nada a ver com o assunto político partidário”, afirmou.

Briga interna no União

O partido tem sido palco de brigas internas desde o início do ano. Em fevereiro, Luciano Bivar, então presidente da legenda, tentou se manter na chefia do partido apesar de um suposto acordo para que Antonio Rueda assumisse o cargo.

Bivar tentou adiar a convenção coletiva do partido prevista para 29 de fevereiro, mas acabou vencido. Antônio Rueda foi eleito presidente nacional do União Brasil, e o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, asumiu como 1º vice-presidente da legenda. O senador Davi Alcolumbre (AP) ficou no posto de secretário-geral.

No fim de fevereiro, Rueda apresentou uma representação criminal contra Bivar à Delegacia Especial de Crimes Cibernéticos da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) pedindo que ele seja investigado por ameaça.

A acusação de Antônio Rueda de que Luciano Bivar ameaçou de morte ele e uma pessoa de sua família tem como principal evidência um vídeo de pouco mais de 30 segundos. Segundo a queixa, as imagens mostram uma conversa de Rueda com Bivar ao telefone, por volta das 23h do dia 26/2. No breve trecho anexado ao processo, uma voz, que seria de Bivar, diz a Rueda que “acabaria” com esse familiar. O vídeo não mostra o contexto da conversa.

União pede investigação da PF

Nesta terça-feira, a bancada do União Brasil no Congresso Nacional informou que pedirá que a Polícia Federal investigue o incêndio contra a casa de Rueda. A informação é da coluna Igor Gadelha, do Metrópoles.

A ideia da bancada é enviar um ofício assinado por todos os 58 deputados federais e sete senadores do União Brasil ao ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, pedindo a entrada da PF no caso e celeridade nas investigações.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos