15.4 C
Ouro Branco

Alemanha atropela Escócia e estreia na Euro 2024 com vitória por 5 x 1

Anúncios

Com gols das jovens estrelas Florian Wirtz e Jamal Musiala, comandados de Julian Nagelsmann chegam a registrar 83% de posse de bola em vitória tranquila diante da própria torcida na Munique Arena, casa do Bayern

A Alemanha viveu uma estreia dos sonhos na edição de 2024 da Euro. Pela primeira vez diante da própria torcida na competição em questão, os germânicos atropelaram a Escócia nesta sexta-feira (14/6), por 5 x 1, na Arena de Munique.

Em performance autoral, a seleção comandada por Julian Nagelsmann não deu quaisquer chances para a equipe britânica no confronto. Completamente dominantes, estiveram no último terço de campo em grande parte da partida. Com apenas dez minutos no relógio, chegou a registrar 170 passes. A Escócia, enquanto isso, tinha apenas 43.

Um recital tomava forma diante da meta de Angus Gunn. Enquanto Toni Kroos dava mais um show na distribuição de bolas para ambos os lados do ataque, os jovens Musiala e Wirtz flutuavam entre as beiradas e o centro do campo enquanto criavam chances de gol.

Sentados na defesa, os comandados de Steve Clarke nada podiam fazer para conter os avanços dos donos da casa. Salvos pelo gol contra de Rudiger, já no fim do jogo, nada de positivo puderam tirar do confronto.

Enquanto somavam chances consecutivas já nos primeiros minutos, a Alemanha registrava média de 78% de posse de bola. A mescla entre experiência e jovialidade proposta pelo jovem treinador de 38 anos do time mandante surtiu efeito. A eficiência e coordenação eram criteriosamente bem executadas.

Os dois primeiros gols saíram justamente dessa maneira. Kroos, Kimmich e Gundogan trabalhavam nos bastidores justamente para os atacantes de lado brilharem. Com chutes fortes, cada um marcou uma vez. Enquanto Wirtz é cada vez mais especulado em alguns dos grandes times do continente, como Real Madrid e Barcelona, Musiala desfilava no estádio do clube onde atua, o Bayern.

À Escócia, enquanto isso, não restavam alternativas. Até o primeiro gol alemão, insistiam com a tática de permanecer na defesa. Dessa forma, em muitas situações, se mostraram confortáveis.

A tática havia dado certo, por exemplo, na vitória por 2 x 0 contra a Espanha, ainda em 2023, pelas eliminatórias da competição. Mesmo com menos posse de bola, venceu a pressão sofrida e aproveitou as poucas chances criadas. Dessa vez, contudo, o resultado passou longe de ser o mesmo.

Com jogadores objetivos e entrosados, a pressão alemã esmagava a defesa azul marinho. Como um pugilista nas cordas, o Exército de Tartan, como é conhecido, se viu em situação ainda pior com a expulsão de Porteous, após forte entrada em Gundogan.

Com três a zero no placar, a Alemanha foi ao segundo tempo com conforto nas ações, mas rebelde nas intenções. Desinteressada em desacelerar, ainda haveria tempo para registrar um golaço. Impedido pela trave esquerda do goleiro do Real Madrid Courtois na derrota na última decisão da Liga dos Campeões, o atacante Niclas Fullkrug, do Dortmund, encontrou a redenção.

Recém entrado no confronto, encontrou o ângulo com um balaço de perna direita. O bonito gol selou os gols marcados à favor dos alemãs, mas não os contra. A Escócia deixou o gramado com um pequeno ponto positivo. Depois de rápido e confuso bate-rebate em bola alçada na área germânica, Rudiger presenteou o adversário com um gol contra após cabecear contra a própria meta. Após nova investida ofensiva, Can fechou o placar com chute no canto inferior para dar números finais ao confronto.

A partida, além disso, foi encerrada com uma marca quebrada pela equipe vencedora. Com o placar parcial de 3 x 0 ao fim da primeira etapa, a Alemanha entrou para os livros de história como a primeira participante da história do torneio a marcar três vezes no primeiro tempo de uma estreia. Esta aliás, foi a maior vitória da dona da casa no torneio, e a mais expressiva em competições oficiais desde o 7 x 1.

O próximo passo pela classificação acontece na próxima quarta-feira (19/6). Às 13h, entram em campo contra a Hungria. A derrotada Escócia volta à ação no mesmo dia. Às 16h, enfrentará a Suíça.

O jogo

O confronto começou com pressão total da Alemanha. Com muitas trocas de passe e posse de bola em expressivos 83% durante os 10 primeiros minutos, a equipe germânica empurrava a Escócia campo de defesa adentro. As investidas, vindas de ambos os flancos, tinham como base a distribuição precisa de Toni Kroos.

Foi justamente através do craque do Real Madrid que a Alemanha marcou o primeiro gol da edição de 2024 do torneio. Em virada de jogo aguda, o camisa oito encontrou Kimmich do lado direito do ataque. O jogador do Bayern, com um cruzamento, lançou a jovem estrela Florian Wirtz para fuzilar Gunn e abrir o placar.

Acostumada a sofrer pressões no primeiro terço do campo e aceitar não ter a posse da ‘gorducha’, a Escócia permanecia na defesa e deixava a adversária jogar. Aos 15’, enquanto a Alemanha registrava 170 passes trocados, o time azul e branco tinha apenas 43.

A estratégia, no entanto, veio a falhar de vez. Em contra-ataque, Gundogan achou Havertz com passe enfiado por entre a defesa. Após corte seco, o jogador do Arsenal apenas rolou para Musiala bater no alto e marcar o segundo.

À medida da passagem da primeira etapa, o cenário não se alterava. Enquanto a Escócia se afundava em postura passiva no confronto, a Alemanha não relaxava. Ia para cima em busca de alargar o placar.

Em mais um lance de ataque, Kimmich colocou cruzamento na cabeça de Gundogan, que teve o esforço impedido por defesa de Gunn. Ao aterrissar, o capitão sofreu forte entrada de Porteous. Pênalti marcado, e expulsão do zagueiro escocês.

Da marca da cal, Havertz marcou o terceiro. Com o adversário cada vez mais abatido, a Alemanha optou por manter a postura ofensiva. Substituído no lugar de Havertz, Fullkrug entrou em campo para marcar um golaço. De perna direita, encontrou o ângulo do gol adversário. 

Ainda haveria tempo para mais duas balançadas de rede. Com um cabeceio contra a própria meta, Rudiger presenteou os escoceses com um gol contra após bate-rebate na defesa. Com um rebote na entrada da área, Emre Can, que entrou no lugar de Toni Kroos, encontrou o canto inferior direito para dar números finais ao confronto. 

Ficha técnica: 

Alemanha 5 x 1 Escócia – 1ª rodada da fase de grupos da Euro 2024

Gols: Florian Wirtz, Jamal Musiala, Kai Havertz, Niclas Fullkrug e Emre Can (Alemanha) ; Rudiger (contra, à favor da Escócia)

Local: Arena de Munique, Munique

Data: Sexta-feira, 14/6/2024

Arbitragem: Clément Turpin (França)

Cartões amarelos: Andrich (Alemanha) ; Ralston (Escócia)

Cartão vermelho: Porterous (Escócia)

Alemanha

Neuer; Kimmich, Jonathan Tah, Rüdiger e Max Mittelstadt; Kroos (Can), Andrich (Gross), Musiala (Muller) e Gundogan; Wirtz (Sané) e Kai Havertz (Fullkrug). Técnico: Julian Nagelsmann. 

Escócia

Gunn; Hendry, Porteous, Tierney (McKenna); Ralston, McTominay, McGregor (Gilmour), Robertson; McGinn (McLean), Christie (Shankland); e Che Adams (Hanley). Técnico: Steve Clarke

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos