14.6 C
Ouro Branco

Brasil doa filtro e alimentos do MST a refugiados da África

Anúncios

O governo federal, através da Agência Brasileira da Cooperação (ABC), entregou neste sábado (17) doações para a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) na Etiópia, país visitado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva neste final de semana.

Foram entregues 65 purificadores de água portáteis, cada um com capacidade para purificar 5.600 litros de água por dia; 10 toneladas de alimentos nutritivos desidratados; 4 toneladas de arroz e 4 toneladas de leite em pó produzidos e doados pelo Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST).

As doações foram articuladas pela primeira dama Janja Lula da Silva. Serão destinadas a campos de refugiados na região de Gambela, na Etiópia, que acolhe mais de 385 mil refugiados.

Relatório da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) já identificou 18 “hotspots” para a fome onde se prevê a deterioração da segurança alimentar, incluindo a própria Etiópia, Sudão e Sudão do Sul.

Visando combater o problema, durante a presidência do Brasil no G20, será criada uma Aliança Global contra a Fome e a Pobreza, a ser articulada durante todo o ano de 2024 e lançada na Cúpula de Chefes de Estado e de Governo no Rio de Janeiro, em novembro.

Janja Lula da Silva integra a comitiva que acompanha o presidente Lula em visita de Estado a Etiópia. O Brasil também participa em Adis Abeba como convidado de honra da 37ª Cúpula da União Africana, na qual o Presidente Lula discursou na abertura.

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos